Uma proposta cultural que nasceu da vontade de dar a conhecer um Algarve esquecido e de repensar a forma de fazer turismo.

São quatro programas distintos sob o mote dos quatro elementos – Ar | Fogo | Terra | Água – propondo vivências de proximidade e aprendizagem com e no lugar. Através da gastronomia, da produção artística e do reconhecimento contextualizado do património natural e cultural – para uma experiência de conhecimento e fruição – queremos proporcionar uma outra forma de Viajar.

Queremos dar a conhecer a diversidade e especificidades regionais através de workshops, encontros, passeios, conversas e visitas guiadas que se interligam, complementam e desenrolam pelo Sotavento Algarvio: Parque Natural da Ria Formosa, Serra do Caldeirão, barrocal. Para isso seleccionamos criteriosamente parceiros, especialistas, cientistas e artistas, restaurantes, percursos, museus, os lugares secretos e inacessíveis…

Venha provar, tocar, experimentar, conhecer, praticar e criar um Algarve mais autêntico.

 

AR
(25–27.02.2017)

No primeiro dia, um percurso interpretativo guiado por Hélder Pereira e Francisco Lopes1, na Paisagem Protegida da Rocha da Pena (Loulé), possibilitará explorar as histórias gravadas, ao longo dos tempos, nas paisagens da Serra e do Barrocal. As conversas e conhecimentos adquiridos nesse primeiro dia serão ponto de partida para o workshop de arte na paisagem sob orientação do artista Tomás Cunha Ferreira no Moinho Branco em Cachopo e é aqui também que teremos o mais tradicional dos piqueniques servido sobre mantas de retalhos. Para terminar, no terceiro dia terá lugar um workshop de gastronomia na Quinta da Fornalha sob a orientação do chef Pedro Beleza, em que o vento Levante dará o mote para explorar as influências do médio oriente na culinária Algarvia.

Parceiros: 1GeoWalks&Talks, Quinta da Fornalha

FOGO
(nova data: 8–10.04.2017)

Este programa inicia-se com a visita à Terracota do Algarve, cerâmica artesanal em S. Brás de Alportel, para conhecer as características técnicas e estéticas da produção ancestral de terracota da região. Dar-se-á nesse local um workshop de cozedura cerâmica em fogueira com a artista Sara Navarro. No segundo dia, através de um percurso interpretativo guiado por Hélder Pereira e Francisco Lopes1 no Vale das Mealhas (S.Brás de Alportel) e no Cerro da Cabeça (Moncarapacho), será possível explorar conexões existentes entre atividades humanas e a Natureza. No terceiro dia, na Quinta da Fornalha, dar-se-á um workshop de gastronomia sob a orientação do chef Pedro Beleza, focando o valor social do fogo.

Parceiros: Terracota do Algarve, Quinta da Fornalha, 1GeoWalks&Talks

TERRA
(CANCELADO)

No primeiro dia, um passeio pela Serra do Caldeirão guiado pela botânica Filomena Fonseca, servirá para dar a conhecer a flora local; servindo ainda para a recolha de amostras para a segunda parte desta experiência: um workshop de monotipia na OBS com a artista Alice Artur com o objectivo de aprender a prensar a natureza e criar um herbário original. No terceiro dia, com recurso à horta da Quinta da Fornalha, dar-se-á um workshop de gastronomia sob a orientação do chef Pedro Beleza, em que plantas e ervas aromáticas serão o foco principal.

Parceiros: Quinta da Fornalha

ÁGUA
(
29.04–01.05.2017)*

O primeiro dia será dedicado ao mar, com um programa de pesca desportiva e passeio na Ria Formosa, acompanhados pelo biólogo marinho Paulo Gavaia. Após um merecido almoço na Fuzeta em que será grelhado o peixe apanhado, segue-se uma visita ao museu do Arraial Ferreira Neto em Tavira. No segundo dia dar-se-à um workshop de Gyotaku com a artista Rachel Ramirez, na OBS. Trata-se de uma técnica tradicional japonesa de impressão directa de peixe. No terceiro dia, haverá um workshop de gastronomia na Quinta da Fornalha, orientado pelo chef Pedro Beleza em que peixe e marisco serão os ingredientes principais.

Parceiros: Quinta da Fornalha, Cabaz Fresco do Mar, Passeios Ria Formosa.

 

 

Informações | Reservas

 

 

 

todos_centrado